Nesta publicação, gostaria de compartilhar com você um pouco sobre as minhas últimas férias.

     No mês passado, depois de muito planejamento, eu e mais quatro amigas conseguimos organizar uma “viagem de meninas”. E o destino não poderia ser melhor: Holanda e Dinamarca, dois países que ainda não conhecia.

     Nosso primeiro destino foi Amsterdam, e o mais incrível foi que chegamos na véspera do Dia do Rei, uma festa onde todos se vestem de laranja e vão para a rua festejar a vida… do Rei!! Nessa festa, semelhante ao nosso Carnaval, as pessoas dançam e bebem pelas ruas em meio a muitas bicicletas, porque o que não falta no país são as bicicletas.

     Após a festa, fomos conhecer a cidade. Com pouco mais de 820 mil habitantes, Amsterdam é a cidade mais populosa do país, sendo cortada por inúmeros canais. Você se locomove principalmente de bicicleta, mas também é possível cruzar a cidade de barco, de tram (bonde) ou táxi. O transporte público funciona muito bem. Carro? Já é passado.

     Como toda pessoa que adora o que faz, ficava com olhos curiosos observando as lojas, vitrines e como os holandeses consomem. Fui a diversas lojas, visitei supermercados, procurei por drogarias e quase não vi nenhuma. Não se encontram com facilidade lojas de grande área, sendo que predominam supermercados de bairro e minimercados com sortimento amplo e profundidade adequada. O nome do jogo é praticidade: pratos pré-preparados ou mesmo prontos. Em um final de tarde fui fazer compras em um desses supermercados e uma coisa me causou espanto: havia dois caixas com uma fila gigante, e isso não incomodava ninguém.

     De tudo que vi na Holanda, dois cases me encantaram:

  • Albert Heijn, a primeira rede de supermercados da Holanda, fundada em 1887 e que hoje conta com 900 lojas. Visitei a loja número 1 da rede na cidade de Zaanse Schans. Já naquela época, o consumidor estava no centro das decisões. Como seus maiores clientes eram fazendeiros, eles comercializavam ferramentas, enxada, pá, corda, fumo, alimentos, bebidas, latícinios, ou seja,atendiam o cliente em todas as suas necessidades. Até hoje existe o espaço do cafezinho onde os clientes se entretêm moendo seu próprio grão e degustando seu café. E o delivery não é coisa atual. A rede já entregava as compras na fazenda ou casa do fazendeiro.

Loja da Albert Heijn em Zaanse Schans: 1ª loja da rede

  • Por estudar há anos o universo saudável e saber que a Holanda é um dos países que consomem esses produtos regularmente e em grandes quantidades, eu e minhas amigas fomos de bicicleta visitar a Ekoplaza. De-li-rei! Uma rede de quase 100 lojas de 500 a 600 m² toda de produtos orgânicos. A loja possui mais de quatro mil itens de todas as categorias: frutas, verduras e legumes com uma excelente aparência, sucos sem conservantes, mais de 400 rótulos de vinhos de todas as uvas, biscoitos, pães sem glúten, cafés que você faz seu próprio blend, chocolates, ovos cage free, pratos prontos e semiprontos, tinta de cabelo, sabonete, ou seja, o consumidor resolve sua compra por lá. Todos os sacos plásticos para armazenar o FLV são de material degradável. Há 4 meses, eles lançaram um desafio: implementaram um programa para eliminar as embalagens plásticas de todos os produtos e, no dia da minha visita, já havia 1.421 itens “plastic free”.

Campanha “PLASTIC FREE” da rede Ekoplaza

     Na Dinamarca, fui surpreendida por uma espetacular ação de encantamento da Lego. Estive por lá no dia 4 de maio, quando é comemorado mundialmente o Star Wars Day (“May the force be with you”). Na principal loja da Lego em Copenhagen, foi feita umaação de lançamento de produtos com experimentação e com mais de 30 personagens do filme brincando com os clientes e desfilando pelas ruas da cidade.Você encontrava ao vivo e a cores Luke Skywalker, Han Solo, Obi-Wan Kenobi, Chewbacca, Princesa Leia, Darth Vader, entre outros personagens. Preciso dizer que havia uma fila quilométrica para entrar na loja… Isso é saber encantar o cliente.

Parada STAR WARS em Copenhagen

     Neste momento, você deve estar querendo me perguntar se eu realmente tirei férias. Posso afirmar que foi uma das melhores da minha vida.


Marise Araújo
Sócia ConsultoraMarise Araújo